A ausência do senador Sérgio Petecão (PSD-AC) na votação da reforma trabalhista ocorrida nesta terça-feira (20) na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado surpreendeu o Planalto. Segundo informações da revista Veja, a ausência do congressista foi decisiva para a derrota, já que ele deu lugar a Otto Alencar (PSD-BA). Como suplente, seu correligionário baiano votou contra a reforma, que acabou sendo rejeitada na comissão por 10 votos contra e 9 a favor. Petecão disse que teria votado a favor da reforma e que votará favoravelmente no plenário, mas se esquivou da responsabilidade sobre o resultado. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

TPL_tt_MAIN_PAGE TPL_tt_CONTACTS TPL_tt_SEARCH