O número de profissionais brasileiros no Programa Mais Médicos aumentou 44% em menos de um ano, informou nesta terça-feira (3) o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Somados aos médicos com diplomas no país, já são 8.316 brasileiros no programa, o que representa 45,6% do total.
De acordo com o Ministério da Saúde, a prioridade é ampliar a participação nacional para tornar a iniciativa mais independente e garantir atendimento médico à população.

"Este momento é importante para o Brasil e para os brasileiros. Estamos avançando e tenho certeza que vamos oferecer mais qualidade na saúde e na atenção básica com a participação desses novos profissionais no programa Mais Médicos", afirmou Barros durante a recepção de 1.375 profissionais brasileiros formados no exterior que aderiram ao último edital.

Esses novos profissionais iniciam as atividades em Unidades Básicas de Saúde (UBS) a partir da próxima segunda-feira (9) em cerca de 800 municípios de 25 estados e Distrito Federal, além de 8 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs).

Eles devem cobrir região com 4,8 milhões de pessoas. "Com esses novos profissionais, vamos garantir o cuidado personalizado e humanizado perto de casa, por um médico e uma equipe que se vincula ao paciente e sua família resolvendo problemas de saúde e evitando que as pessoas precisem de atendimento nas emergências, hospitais e consultas com especialistas", destacou o secretário de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Rogério Abdalla.

Por Bahia Notícias

TPL_tt_MAIN_PAGE TPL_tt_CONTACTS TPL_tt_SEARCH