O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) ajuizou uma ação civil pública contra o professor de sociologia, Alex Sandro Macedo Almeida, que trabalhava na Universidade do Estado da Bahia (Uneb) de Eunápolis, no Sul da Bahia. O professor foi denunciado, no final do ano passado, por alunas da instituição, que o acusaram de assédio sexual.

O MP-BA pediu à Justiça que o professor seja condenado a pagar R$ 150 mil por danos morais à instituição de ensino, após ato de improbidade administrativa. Além disso, o promotor de Justiça Dinalmari Mendonça Messias pediu à Justiça que o professor tenha seus direitos políticos suspensos de três a cinco anos.

O professor já havia sido demitido da universidade por cometer “infração disciplinar” e “prática de conduta proibida ao servidor público”, conforme informações publicadas no Diário Oficial do Estado da Bahia, no último dia 22 de junho. A Justiça ainda vai decidir se irá acatar o pedido do MP.

Fonte: Varela Notícias

TPL_tt_MAIN_PAGE TPL_tt_CONTACTS TPL_tt_SEARCH