Grande parte dos brasileiros acredita que o presidente Michel Temer teve participação direta nos escândalos de corrupção revelados pela delação dos executivos do frigorífico JBS, aponta pesquisa Datafolha. De acordo com o levantamento, para 83% da população, o peemedebista teve envolvimento direto nas irregularidades denunciadas. Para 6%, o Temer não teve participação direta e 11% não souberam dizer.

O instituto também sondou os entrevistados em relação a opinião deles sobre a delação selada pela Procuradora-Geral da República com os donos da empresa. A modalidade do acordo, que previu multa, mas não a prisão dos delatores, foi criticada por 64% dos brasileiros. Outros 27% dos entrevistados afirmaram que o Ministério Público agiu bem ao firmar o acordo, por meio do qual os irmãos Joesley e Wesley Batista entregaram supostas provas e nomes sem serem denunciados criminalmente.

Ainda segundo a pesquisa, 81% dos brasileiros disseram que os irmãos Batista deveriam ter sido presos pelos crimes que confessaram e 14% acham que não. O levantamento foi realizado entre os dias 21 e 23 de junho, com 2.771 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Fonte: Bahia Notícias

TPL_tt_MAIN_PAGE TPL_tt_CONTACTS TPL_tt_SEARCH