Informação é da agência Reuters, que noticia ainda que a Polícia Federal pretende concluir até sábado o inquérito sobre Michel Temer e o ex-assessor especial dele e ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures;

Relatório terá como base coleta de provas que vão além dos áudios das conversas gravadas pelo empresário Joesley Batista; intenção dos investigadores é se valer de provas periciais e testemunhais para confirmar as suspeitas de que o presidente cometeu os crimes de corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa; avaliação é que usar exclusivamente as gravações para respaldar as acusações pode ser um risco, uma vez que há duras queixas dos advogados de defesa sobre a validade delas

Fonte: Brasil 24/7

TPL_tt_MAIN_PAGE TPL_tt_CONTACTS TPL_tt_SEARCH